Fortaleza e Ferroviário decidem primeiro finalista do Cearense 2017

Fortaleza x Ferroviário decidem o finalista do Campeonato Cearense (Foto: JL Rosa/Agência Diário)

Tubarão tem a vantagem do empate. Leão precisa vencer no tempo normal e nas penalidades para se garantir na decisão do estadual. Bola rola às 21h45 no Castelão.

Enfim, chegou a quarta-feira! Logo mais, às 21h45, quando a bola rolar na Arena Castelão, Fortaleza e Ferroviário decidem o primeiro finalista do Campeonato Cearense de 2017. O Ferrão tem a vantagem do empate. O Leão precisa vencer no tempo normal e vencer nas penalidades para avançar à decisão do estadual. A promessa é de jogo aberto. O GloboEsporte.com acompanha todos os detalhes do duelo em Tempo Real meia hora antes de a bola rolar, a partir das 21h15.

O Fortaleza precisa montar um time ofensivo para vencer o jogo. Além disso, há a preocupação com as penalidades. Para garantir a defesa, Heitor volta e deve assumir a titularidade. No meio-campo, a dúvida fica entre Ronny e Leandro Lima. Sem Zé Carlos no ataque, suspenso, Marquinhos Santos deve escalar Lúcio Flávio para a posição de referência no ataque tricolor. Ao lado de Lúcio Flávio, o meia Rodrigo Andrade será escalado para executar a função de atacante.

O Ferroviário tem desfalques para a decisão. Batata e Mimi cumprem suspensão após o terceiro amarelo. No entanto, o Tubarão da Barra tem dois importantes retornos. Glauber e Jeanderson estão de volta. O lateral-direito Gustavo e o zagueiro Tony Belém voltaram a treinar e devem estar prontos para o duelo. O Ferroviário precisa apenas do empate. Caso perca, ainda tem a chance de avançar vencendo nas cobranças de pênaltis.

Ficha técnica

Jogo: Fortaleza x Ferroviário
Local: Arena Castelão
Horário: 21h45
Rodada: Terceiro jogo da semifinal do Cearense
Provável Fortaleza: Marcelo Boeck, Pablo, Heitor, Max Oliveira, Éverton; Rodrigo Mancha, Anderson Uchôa, Wesley e Leandro Lima; Rodrigo Andrade e Lúcio Flávio.
Provável Ferroviário: Mauro, Gustavo, Tony, Túlio, Jeanderson; Erandir, Gláuber, Jonathas e Mota; Vitinho e Assisinho.
Arbitragem: César Magalhães, Nailton Oliveira e Ramon Machado.

Fonte: Globo Esporte

COMPARTILHAR