Homem é preso suspeito de agredir filha de nove anos no Ceará

Um homem foi preso nesta sexta-feira (16) suspeito de agredir a filha de nove anos com uma corda, em Quixeramobim, no interior do Ceará. Em depoimento, o suspeito afirmou que bateu na criança porque ela havia desobedecido à avó.

De acordo com a Polícia Civil, o caso ocorreu na terça-feira (13), quando a vítima chegou da escola. Os agentes de segurança, no entanto, só tomaram conhecimento do fato nesta sexta-feira, após terem visto as fotos que foram divulgadas nas redes sociais com as marcas da agressão.

A menina foi submetida a um exame de corpo e delito no Núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), onde foram constatadas as lesões. O laudo complementar, que poderá comprovar ou não se as marcas são graves, será concluído em até 30 dias.

Agressão na mãe da criança
O titular da Delegacia Municipal de Quixeramobim, Huggo Leonardo de Lima Anastácio, diz que a família prestou depoimento nesta sexta. A mãe da criança informou que, na ocasião, conseguiu tomar a corda da mão do marido, impedindo que as agressões continuassem. Já a tia da criança contou que a mãe da vítima também foi lesionada.

“Solicitei que o Conselho Tutelar acompanhasse a rotina da família para saber se outros parentes batem na menina. É inadmissível ele voltar depois do que fez”, pontua Huggo Anastácio.

Francisco Miranda não tinha antecedentes criminais. Ele vai responder por maus-tratos, sob o âmbito da Lei Maria da Penha. Se for constatada a lesão grave, ele vai responder por maus-tratos qualificado.

Fonte: G1 CE

COMPARTILHAR