Reforma da Escola de Música deve começar nessa quinta-feira, afirma representante do prefeito em reunião

Representantes do Sindicato dos servidores públicos municipais e servidores da Cultura estiveram reunidos com o representante do prefeito Ednaldo Lavor, Tácido Cavalcanti e com a secretária de cultura Lucinha Felipe

Na tarde dessa quarta-feira, 05, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iguatu – SPUMI, juntamente com uma representação de trabalhadores da cultura, esteve reunido com a Administração Pública Municipal, a fim de tratar assuntos relacionados aos equipamentos que compõem a estrutura da Secretaria Municipal de Cultura.

Além da Diretoria do SPUMI, representada pelo Presidente Pablo Neves e pelo Diretor Raimundo Beserra, participaram do momento os servidores Gustavo, Thiago e Nara, que apresentaram a Secretária titular da pasta, Lucinha Felipe, e ao Dr Tácito Cavalcante, que na oportunidade representou o Núcleo Gestor e o Prefeito Municipal, as inúmeras reivindicações dos trabalhadores quanto às condições de trabalho e a estrutura física dos equipamentos culturais.

Entre os pontos fechados, ficou marcado para amanhã, 06, o início da reforma da Escola de Música Popular Humberto Teixeira, cujo teto cedeu e o prédio enfrenta ameça de desabamento. A afirmação veio do representante do prefeito Ednaldo Lavor na reunião, Tácido Cavalcanti. As atividades da escola voltaram a ser suspensa menos de um mês após retomadas depois de mais de dois anos parada.

COMPARTILHAR