Rogério Ceni encara como ‘dilema’ a permanência no Fortaleza e diz que pensa nisso todos os dias

Ceni deixa futuro em aberto após o final da Série B deste ano. Foto: Mateus Dantas/O POVO

Ficar ou não ficar, eis a questão… Em entrevista ao programa Seleção Sportv nesta quarta-feira (7), o técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, revelou que pensa nisso todos os dias antes de dormir e deu os motivos para encarar isso como um ‘dilema pessoal’. “Eu deito todos os dias com esse dilema. É um dilema pessoal muito grande. A torcida tem acolhido muito bem, vai ao estádio, e o que fazem a cada jogo, mexe com a gente [comissão técnica]. Por outro lado, temos que sentar e ver qual a expectativa do Fortaleza para o ano que vem”, declarou Ceni.

O treinador ainda disse que todos precisam ser realistas no quesito Série A. “Dificilmente nós não vamos figurar na liderança do campeonato durante 33 de 35 rodadas. Temos que olhar a Série A. Quantas vitórias têm as equipes que estão brigando na parte de baixo? Sete, oito vitórias em 33 rodadas. Nós estamos com quase 20 vitórias na Série B. É uma competição diferente. E o torcedor, em um clube de massa do Fortaleza, claro que fica empolgado, mas e quando for o inverso? Como será a reação?”, indaga.

Se vai ficar ou não, acaba sendo assunto para um outro momento nas falas públicas de Ceni, que está focado em conquistar o título da Série B. A próxima tentativa, depois de não conseguir contra o CSA nesta terça-feira, 6, será contra o Avaí, em jogo marcado para o próximo sábado (10), as 16h30min, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Fonte: O Povo

COMPARTILHAR