Seminário debate projeto de Educação em Saúde Ambiental

Seminário assinalou encerramento da programação em Cedro. Fotos de Marciel Bezerra

O projeto Educação em Saúde Ambiental foi realizado na cidade de Cedro com uma programação que incluiu seminário, debates e rodas de conversa sobre a temática do evento.

No encerramento do evento houve um seminário que abordou temas sobre meio ambiente e etapas do projeto de preservação no âmbito local. A solenidade, no auditório do Centro de Educação Profissional Ivens Dias Branco do Senac contou com a presença do vice-prefeito Joãozinho de Titico, do secretário de Meio Ambiente Elleson Barbosa, vereadores, estudantes e população.

O projeto Núcleo de Apoio à Coleta Seletiva, Reciclagem e Sustentabilidade dos Recursos Hídricos do Município acontece desde maio de 2017, e é uma realização da Prefeitura de Cedro, por meio da Secretaria de Meio Ambiente. O convênio, firmado com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e a empresa Educa, capacitou cerca de 400 pessoas, com investimento de R$ 185 mil. A ação trouxe significativo avanço na qualidade de vida das pessoas assistidas, moradores das comunidades da sede urbana e rural.

O projeto realizou o desenvolvimento da consciência crítica do cidadão, acesso à informações sobre uso consciente da água, acondicionamento e descarte adequado de resíduos, reciclagem e coleta seletiva, além de orientações sobre saúde e sua relação com meio ambiente. O Prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, tem priorizado a conscientização ambiental em sua gestão. “É importante debatermos estas ações, avançando nos cuidados do meio ambiente e beneficiando as novas gerações” enfatizou Dr. Nilson.

Diversas atividades foram realizadas ao longo dos meses: oficinas de reciclagem, consumo consciente de água, artesanatos, rodas de conversa e exibição de filmes nas escolas Antônio Laurínio de Oliveira (Santo Antônio), Leandro Alves Correia (São Miguel), Antônio Pinheiro Torres (Vale do Machado), Escola Gabriel Diniz (Sede), além de orientações sobre associativismo para criação da Associação dos Catadores.

No encerramento das atividades, foi realizada exposição que mostrou, através da reciclagem, o desenvolvimento de diversos objetos como flores, cofres, vassouras com garrafas pets e protetores para portas, além de cartazes sobre o meio ambiente expressando o conhecimento dos cedrenses assistidos pelo projeto.

O vice-prefeito, Joãozinho de Titico, lembrou a importância do poder público nestas ações. “Temos o papel fundamental de orientar os moradores, tornando nosso município cada vez mais sustentável”. O Secretário de Meio Ambiente, Elleson Barbosa, lembra que as parcerias foram fundamentais para concretização deste projeto. “É gratificante constatar que realizamos a mobilização de ações em prol meio ambiente que beneficiam a todos, e é bom ter a certeza que este é o foco da gestão municipal, sempre ao lado de grandes parceiros”.

De acordo com a representante da Funasa, Rita Sombra, Cedro receberá novos projetos. “O município prestou contas de todos passos nesse projeto em saúde ambiental. Parabenizo as escolas, comunidades envolvidas e toda a população. Sem dúvida, novos projetos sobre meio ambiente serão desenvolvidos”.

A engenheira ambiental e sanitarista da empresa Educa, Regiane Oliveira, lembra que esse projeto levou aos estudantes e à comunidades o tema Meio Ambiente e Saúde. “Tivemos um encerramento com diversos depoimentos e, para nós, enquanto empresa, é satisfatório ver o progresso de todos os envolvidos”.

COMPARTILHAR