A Capital cearense registrou 11.150 acidentes com vítimas no trânsito em 2018. O dado engloba tanto casos em que há apenas feridos quanto óbitos, sendo 22% menor em relação ao ano anterior, quando aconteceram 12.907 do mesmo tipo.

O número de pessoas feridas nos sinistros também apresentou queda: foram contabilizados 12.093 feridos no ano passado, ante 15.522 em 2017. Outra redução neste aspecto, é o número de mortos, que fechou o ano passado em 226.

Este último dado coloca Fortaleza em 11º lugar no ranking de causas de mortes gerais. Em 2016, as mortes no trânsito figuravam no 5ª lugar deste rol.

Luiz Alberto Sabóia, secretário executivo da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), destaca os avanços e comenta que apesar das consecutivas quedas, é preciso estar atento ao assunto. “Ainda é um problema muito grave em Fortaleza mas a boa notícia é que temos conseguido uma redução muito forte no número de mortes. É a primeira vez que temos quatro anos seguidos de queda”, pondera.

As estatísticas fazem parte do novo Relatório Anual de Segurança Viária, divulgado na manhã desta quarta-feira (18), durante o lançamento da Semana de Mobilidade em Fortaleza.

Fonte: Diário do Nordeste