Projeto que desvincula gastos chega ao Senado em abril
A proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes, de tirar as “amarras” do Orçamento da União, de Estados e municípios deve chegar ao Senado no início de abril, de acordo com o líder do governo na Casa, Fernando Bezerra (MDB-PE). Dessa forma, poderá tramitar junto com a reforma da Previdência. A intenção, revelada pelo Estado, terá o apoio de uma Frente Parlamentar Mista do Pacto Federativo, que será lançada amanhã com o aval de 250 congressistas. A ideia é dar maior liberdade aos governantes na hora de gastar. Na União, por exemplo, as despesas não obrigatórias representam apenas 9% do Orçamento total, de R$ 1,4 trilhão. Um dos alvos da medida deve ser o porcentual mínimo de gastos em saúde e educação. O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, indicou que as prefeituras são favoráveis à maior repartição dos recursos. (O Estado de São PAULO)

Roubos de combustível preocupam governo
Em três anos, quadrilhas perfuraram 578 pontos na malha de oleodutos do País para roubar gasolina e diesel – as ações criminosas chegaram a interromper o fluxo de combustíveis para Brasília. O governo estuda aumentar a punição para esse tipo de crime e a Petrobrás quer que a Polícia Federal intensifique as investigações.
Militar coordenará as redes sociais do governo Bolsonaro

O governo de Jair Bolsonaro escalou o coronel Didio Pereira de Campos para coordenar as mídias digitais do Planalto. No domingo, o presidente criou nova polêmica ao divulgar em conta pessoal relato deturpado da conversa de uma jornalista.

Governo exonera 6 nomes do alto escalão do MEC
Parte do grupo demitido é ligado ao escritor Olavo de Carvalho. Em nota, MEC diz que as medidas ’em nada representam arrefecimento no propósito de combater toda e qualquer forma de corrupção’. A portaria foi assinada por Abraham Weintraub, ministro-chefe substituto da Casa Civil.

Em cinco dias, Receita recebe 1,6 milhão de declarações do IRPF
Até o fim da tarde dessa segunda-feira (11), a Receita Federal havia recebido 1.662.692 declarações, o equivalente a 5,45% do esperado para este ano. O prazo para envio da declaração começou na quinta-feira (7) e vai até as 23h59min59s de 30 de abril. A expectativa da Receita Federal é receber 30,5 milhões de declarações. Segundo a Receita, o contribuinte que fez doações, inclusive em favor de partidos políticos e candidatos a cargos eletivos, também poderá usar, além do Programa Gerador da Declaração (PGD) IRPF2019, o serviço Meu Imposto de Renda.

Governo enviará ao Congresso nesta semana projeto de combate a sonegadores do INSS
Afirmou nesta segunda-feira (11) o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. Ele também negou que a proposta de reforma da previdência dos militares, a ser mandada para o Congresso até o dia 20, será fatiada. Marinho deu as declarações ao sair de reunião no Ministério da Defesa para definir pontos da reforma dos militares. Ele não adiantou detalhes da proposta, apenas esclareceu que o texto está nos ajustes finais e que a previsão de economizar R$ 92,3 bilhões em dez anos está mantida.

Foco na Previdência
Economistas temem que a proposta de desvinculação de gastos atrapalhe a tramitação da reforma da Previdência no Congresso. Para eles, o governo deve focar na aprovação das novas regras para a aposentadoria.

Feminicídio: Ceará já tem quatro casos neste ano;
Os crimes de feminicídio começaram a ser contabilizados pela SSPDS no fim de 2017. Neste início de 2019, quatro casos já foram registrados. Em todos eles, suspeitos principais são ex ou atuais companheiros das vítimas. De janeiro a março do ano passado, foram outras sete vítimas. De acordo com levantamento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em 2018 inteiro, o número chegou a 26.

Caso Marielle
Operação prende PM reformado e ex-policial acusados na morte de Marielle e Anderson. Um policial reformado, de 48 anos, e um ex-PM foram presos suspeitos pela morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Segundo o G1, foram detidos o policial militar reformado Ronnie Lessa, acusado de disparar contra as vítimas e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, suspeito de dirigir o carro que perseguiu o veículo onde estava a vereadora.

Pedalada ecológica (FOTO)
Evento promovido pela prefeitura de Iguatu será realizada nesta sexta-feira 15 de março. Terá inicio ás 17;30hs com saída da Secretaria de Assistência encerrando na praça da Matriz. Conforme os organizadores, o objetivo é despertar para a consciência ambiental e promover a prática de atividades físicas. No entanto, o problema maior ocorre nos calçadões durante as caminhadas num cenário de lixo e fedentina.