Na Alemanha, Camilo Santana negocia compra de dois helicópteros para frota do Ciopaer


Em visita à Alemanha, nesta segunda-feira, o governador Camilo Santana manteve reuniões com a diretoria da Airbus. Ali, tratou da compra de mais dois helicópteros para reforçar a frota da segurança pública do Estado.“Tenho um compromisso de reforçar cada vez mais nossas forças de segurança para combater a criminalidade e proteger nossa população”, disse Camilo. Bases do Ciopaer  já existem em  Fortaleza, Sobral, Juazeiro e Quixadá, para chegar cada vez mais rápido em qualquer lugar do Ceará. A próxima base será em Crateús” anunciou o governador por meio de sua página no Facebook.
Combustíveis podem aumentar
E por causa dos ataques  na Arábia Saudita , os  combustíveis podem ficar até 8% mais caros com alta do petróleo. Para minimizar os efeitos, Petrobras vai segurar preços no curto prazo. Apesar da disparada do preço do barril, a Petrobras não deverá repassar imediatamente os aumentos para o consumidor brasileiro. A estatal vai avaliar o comportamento do preço do petróleo nos próximos dias para depois decidir se irá revisar os preços dos combustíveis no Brasil. Na prática, significa que, por ora, a petroleira vai segurar os preços dos combustíveis. Para um especialista,  o custo com transporte pode gerar um consequente aumento no preço dos produtos finais para o consumidor.

Regras eleitorais
A falta de acordo entre lideranças do Senado deve dificultar a votação nesta terça-feira do projeto já aprovado na Câmara que muda a legislação e pode reduzir a transparência e dificultar a fiscalização de eventuais irregularidades em campanhas eleitorais. A proposta é o primeiro item da pauta do plenário. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, levará o tema para discussão na reunião de líderes.

Bolsonaro em casa
O presidente Jair Bolsonaro desembarcou em Brasília ontem, oito dias após passar por uma cirurgia para corrigir uma hérnia. O procedimento foi realizado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde o presidente ficou internado. A equipe médica o autorizou a se recuperar em casa e ele disse que reassume a Presidência hoje. Ao falar do retorno ao cargo, Bolsonaro disse que pretende sancionar nesta terça o projeto que flexibiliza a posse de armas na zona rural. O texto foi aprovado pela Câmara em 21 de agosto, e o prazo para sanção termina hoje. Se o presidente não emitir parecer, o projeto é promulgado na íntegra – é a chamada “sanção tácita”.

Assuntosnet terça-feira, 17, de agosto de 2019. Acesse e opine sobre reprodução das sinopses, com notícias da imprensa e blogs, outros tópicos e comentários de responsabilidade do colunista Silvani Soares.

Infraestrutura
Investimento em infraestrutura no Brasil precisa mais que dobrar, aponta estudo. Para manter e modernizar portos, aeroportos e rodovias, o Brasil precisa de R$ 162 bilhões a mais do que investe atualmente – o que significa mais que dobrar o valor atual. Segundo a pesquisa, apenas se os aportes superarem o patamar de 4% do PIB durante os próximos 20 anos, o país terá condições de garantir a manutenção e a ampliação da infraestrutura.

Combustíveis podem aumentar
Comércio e contas do governo,  podem sofrer impacto dizem analistas. Tudo  por causa dos ataques  na Arábia Saudita , os  combustíveis podem ficar até 8% mais caros com alta do petróleo. Para minimizar os efeitos, Petrobras vai segurar preços no curto prazo. Apesar da disparada do preço do barril, a Petrobras não deverá repassar imediatamente os aumentos para o consumidor brasileiro. A estatal vai avaliar o comportamento do preço do petróleo nos próximos dias para depois decidir se irá revisar os preços dos combustíveis no Brasil. Na prática, significa que, por ora, a petroleira vai segurar os preços dos combustíveis. Para um especialista,  o custo com transporte pode gerar um consequente aumento no preço dos produtos finais para o consumidor.

Reforma da previdência
Em meio às expectativas em relação à votação da proposta que altera regras eleitorais, a reforma da Previdência (PEC 6/2019) passou, nesta segunda-feira (16), pela quinta e última sessão de discussão em primeiro turno no plenário do Senado.Com mais de 70 emendas já recebidas, o relator da matéria na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), deve entregar seu parecer sobre as emendas de plenário nesta quinta-feira (19). A previsão é de que a PEC seja votada em primeiro turno no dia 24 de setembro. Ontem, senadores avaliaram os debates sobre a proposta ocorridos desde a última semana.

Futebol
Em jogo pela Fares Lopes,  Ceará e Fortaleza empataram   em 1 a 1 nesta segunda-feira no PV.  Pelo Brasileirão, voltam a campo domingo no inicio do segundo turno. O Ceará  enfrenta o CSA em Maceió e o Fortaleza recebe o Palmeiras no castelão.  

Marcha dos Prefeitos em Brasília
Uma caravana de prefeitos cearenses já se encontra em Brasilia em clima de nova marcha, com início a partir da 14 horas, junto aos congressistas. A mobilização atende a um apelo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Os gestores  querem  garantir recursos da exploração do Pré-Sal. As Prefeituras lutam por R$ 10,6 bilhões que devem vir da sessão onerosa do petróleo. O Ceará, nessa fatia, pode ficar com R$ 600 milhões para ratear entre os municípios.

Professores cobram o cumprimento de itens do acordo fechado com Camilo Santana
Segundo Anízio Melo, presidente da entidade, ainda há alguns itens do acordo fechado com o Governo, em meados deste ano, que precisam ser cumpridos. Na lista, pagamento do retroativo a janeiro do reajuste de 4,17%, retroativo das promoções 2016/2017, convocação e homologação do concurso da área e decreto com ampliação definitiva da carga horária dos docentes. Conforme Blog do Eleomar,  no próximo dia 23 haverá reunião da Apeoc com a Secretaria da Educação do Estado para ouvir o que foi acolhido. Na última semana, Anízio entregou documento ao Abolição.

Produção audiovisual
Ancine corta apoio para filmes em 11 festivais internacionais. Lista inclui as obras ‘Greta’, ‘Negrum3’ e ‘Volta seca’, de temática LGBT.

Concurso do Tribunal de justiça
Em nota a imprensa, Comissão organizadora nega fraude e  diz que está garantido o concurso em que 50 mil candidatos participaram no último domingo no Estado do Ceará.  FGV considera problema pontual e concurso não será invalidado.