Uma cadela foi resgatada nesta segunda-feira, 3, pelo Corpo de Bombeiros do município de Iguatu, interior do Ceará, depois de ter sido atropelada às margens de uma estrada. Após três dias agonizando com as patas quebradas, o animal, batizado de “Shakira”, foi levado ao veterinário, medicado e se encontra no quartel da guarnição.

De acordo com o tenente-coronel Nijair Araújo, que participou do resgate, ao ser atropelada, a cachorra ficou no meio da rodovia. Um estudante que passava pelo local a moveu da estrada e a levou para uma área de mata próxima.

Por três dias, ele levou água e comida para ela e fez apelos para Organizações Não Governamentais (ONGs) da região, mas não foi atendido. O caso aconteceu em uma estrada vicinal no Sítio Barra do Cangatí, na zona rural de Iguatu, no Centro-Sul do Estado.

“Ele é meu aluno no curso de Engenharia e quando ele me ligou, logo eu disponibilizei uma guarnição para fazermos o resgate no mesmo dia. Nós a levamos para o veterinário, ela estava com a duas patas dianteiras quebradas”, comenta Araújo.

Batismo

Depois de ter passado por procedimentos médicos e ser medicada, a cadela foi levada pelos bombeiros, que a batizaram com um nome peculiar: Shakira, em homenagem à cantora colombiana. 

“Graças a Deus ela está medicada e vai ficar com a gente no quartel até ela ser adotada ou então se recuperar. Mas, caso não apareça ninguém, vamos ficar com ela porque já temos dois cães lá no quartel, o Francisco e a Marquezine”, afirma.

Fonte: O POVO