Com o olhar voltado para a sustentabilidade, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) construiu um sistema de recirculação para a água usada na lavagem nos filtros da estação de tratamento do município de Várzea Alegre.

A nova estação será capaz de recircular quase 6 mil metros cúbicos de água por mês, quase 10% do que a população desta cidade consome mensalmente.

Esse sistema funciona recirculando a água que seria descartada após a lavagem dos cinco filtros da estação de tratamento do local. Com a ativação da estação, a água é direcionada para dois tanques de filtração e bombeada novamente para estação de tratamento de água, recebendo produtos químicos e filtração necessários para adequação da qualidade, seguindo para o processo de abastecimento da cidade.

Para construir o sistema, composto por dois equipamentos filtrantes, bombas, instalações elétricas e uma adutora de 240 metros, a companhia investiu aproximadamente R$ 272 mil reais na obra. Cabe lembrar que a recirculação dessa água significa que o mesmo volume de água bruta está sendo economizado no açude que abastece o município, o Olho D’água, que encontra-se com apenas 27,8% de sua capacidade de armazenamento.

De acordo com o coordenador de produção industrial da Cagece, Renato Silva, a construção dessa estação é mais uma garantia da continuidade do abastecimento da cidade: “A instalação desse sistema demonstra o interesse da empresa com a responsabilidade ambiental na preservação do manancial e reutilização da água, principalmente após esse longo período de estiagem”, informa.

Saiba Mais

A Cagece possui outros sistemas de recirculação de água no estado. Dentre eles, o mecanismo localizado na estação de tratamento Oeste, que abastece Caucaia e parte de Fortaleza, recircula cerca de 200 mil m³, o que significa 200 milhões de litros de água, o suficiente para abastecer uma cidade com 8 mil habitantes.

Fonte: Diário Centro Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome