A Prefeitura de Fortaleza irá disponibilizar triciclos para 90 catadores de material reciclado cadastrados, a partir de 2020. A iniciativa faz parte das atividades de limpeza e visa fortalecer ações voltadas à coleta seletiva na cidade. A ideia é que a iniciativa seja associada ao EcoPonto, espaços onde a população pode entregar resíduos recicláveis em troca de benefícios como desconto na conta de energia. O anúncio foi feito durante coletiva na manhã desta terça-feira (3), no Paço Municipal.

Os triciclos serão mecânicos ou elétricos e as associações de coletores cadastradas, que devem receber treinamentos da Prefeitura, terão acesso às Ilhas Ecológicas para recolhimento de recicláveis. Ao todo, serão 200 Ilhas Ecológicas instaladas até o final de 2020, com pontos de coleta seletiva espontânea distribuídos na cidade, conforme o prefeito Roberto Cláudio. A capacidade do equipamento, que deve complementar o trabalho dos Ecopontos, será de sete metros cúbicos.

As Ilhas Ecológicas devem ser implantadas, inicialmente, em áreas mais centrais, onde se concentram o maior volume de lixo. O objetivo é que a população entregue os resíduos de forma voluntária. Conforme a Prefeitura, os carroceiros também serão beneficiados com a expansão do “E-carroceiro”, que deve distribuir 780 novos carrinhos para eles, após credenciamento nas regionais.

Uma campanha de engajamento da população para adesão ao projeto e à prática de reciclagem também faz parte do plano de ações.

O projeto é coordenado pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP). Além dos novos equipamentos, o pacote de melhorias prevê a ampliação da infraestrutura, campanhas de conscientização e aperfeiçoamento dos projetos sociais.

A promessa do Município é de que devem ser implantados mais de 50 Ecopontos ao longo do próximo ano. Desde 2015, Fortaleza já conta com 65 equipamentos em todas as Regionais. O projeto oferece o benefício do programa Recicla Fortaleza, que dá crédito para desconto na conta de energia elétrica pela troca de resíduos recicláveis.

Fonte: G1 CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome