Após o alívio por voltar a vencer na Série A, ao bater o Avaí, por 1 a 0, na Arena Castelão, com gol de Bergson nos minutos finais, o Ceará espera virar a chave e buscar uma sequência positiva nas 13 rodadas restantes, conquistando a permanência tão aguardada.

Mas o desafio seguinte à vitória é dos mais complicados e vai requerer uma grande dose de resiliência, ao enfrentar o Santos, hoje, às 19h15, na Vila Belmiro. Afinal, o time do técnico Jorge Sampaoli é um dos melhores mandantes da Série A com 75% de aproveitamento e média de 2,1 gols por partida. Foram 26 gols em 12 jogos. Além disso, o time santista ainda sonha com o título, iniciando a 26ª rodada em 3º, com 48 pontos.

Por isso o Vovô precisará, mais do que nunca, de sua defesa, ponto forte da equipe na Série A. Mesmo com a má fase nas 10 rodadas anteriores, o Ceará sofreu poucos gols no período e se manteve como uma das melhores defesas da competição, a 8ª melhor, com 26 gols sofridos em 25 jogos.

Ao enfrentar um adversário tão ofensivo, a tendência é que o técnico do Ceará, Adílson Batista, escale uma equipe mais cautelosa, com três volantes no meio campo.

A defesa, na primeira linha, terá o quinteto que iniciou bem a Série A: Diogo Silva, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Valdo e João Lucas. No meio, Fabinho e Ricardinho ganham a companhia de William Oliveira, formando a trinca de volantes para segurar o ataque do Santos.

No setor de ataque está a maior incógnita da equipe que não contará com William Popp, suspenso após ser julgado por um incidente no Figueirense, seu ex-clube na Série B.

A tendência é um ataque mais leve, para jogar em contra-ataque, formado por Leandro Carvalho e Matheus Gonçalves, isso com Thiago Galhardo atuando como um meia armador.

Outro tabu para o Ceará tentar quebrar nesta quinta-feira é a campanha alvinegra como visitante. O Vovô tem o pior retrospecto entre os 20 participantes, somando apenas cinco pontos em 12 jogos. Ainda assim o volante Ricardinho espera que a equipe jogue bem e consiga um bom resultado na Vila Belmiro.

“Temos que ter muita intensidade de jogo, troca de passes, movimentação, ataque em profundidade. Temos de saber neutralizar e quem sabe conquistar um grande resultado mesmo jogando fora de casa. Temos essa chance e vamos fazer nosso melhor mesmo diante de um Santos muito forte”, disse ele.

No Santos

O time paulista terá o retorno do meia uruguaio Carlos Sánchez, que cumpriu suspensão contra o Inter, e também de Derlis González, Soteldo e Felipe Jonatan. Os três voltaram a treinar após convocados para as suas respectivas seleções.

Cueva, que defendeu o Peru, em Lima, no amistoso contra o Uruguai, não deverá ser aproveitado por Sampaoli mais uma vez.

Entre os três jogadores que retornaram ao clube e treinaram ontem, quem tem mais chances de ser titular hoje é Soteldo. Os atacantes Marinho e Uribe, suspensos, são os desfalques.

Ficha Técnica:

Série A do Brasileiro – 26ª rodada
Vila Belmiro, em Santos (SP)
17 de outubro – 19h15
Árbitro: Rafael Traci – SC.
Transmissão: Rádio Verdes Mares, Tempo Real do Diário do Nordeste, Tempo Real do GloboEsporte.com/ce e Premiere

Santos
Everson, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Jorge, Diego Pituca, Carlos Sánchez, Evandro, Tailson, Eduardo Sasha, Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli

Ceará
Diogo Silva, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Valdo, João Lucas, Fabinho, William Oliveira, Ricardinho, Thiago Galhardo, Leandro Carvalho e Mateus Gonçalves. Técnico:
Adílson Batista

Fonte: Diário do Nordeste