A Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) divulgou, em coletiva nesta terça-feira (21), que há 45% de probabilidade de o Ceará ter chuvas acima da normal. O prognóstico climático refere-se aos meses entre fevereiro e abril deste ano. Ainda conforme o balanço, há 35% de chances de o Estado ter chuvas dentro do normal e 20% de serem abaixo. O período de chuvas segue entre fevereiro e maio.

Fevereiro é indicativo de boas chuvas, assim como março, conforme a Funceme. Abril deve ter diminuição para o esperado do mês. Comparado ao igual período de 2019, a Funceme indicou 40% de probabilidade de chuvas ficarem acima da média, 35% dentro da média e 25% abaixo da média.

O prognóstico indica que há uma tendência de redução das precipitações ao longo da estação chuvosa e que há um gradiente espacial norte-sul, esperando-se na Região Sul do Estado, menores anomalias de chuva.

Conforme o indicativo apresentado, as chuvas devem ser distribuídas com uma tendência média do volume acumulado e, assim, não foi apontado no documento um mês com maior nível de precipitação. Nas áreas com climatologia mais expressiva, como litoral e região serrana, há maior possibilidade de ocorrer os chamados eventos extremos de chuva em que a orientação é de acompanhar as previsões diárias e semanais divulgadas pela Funceme.

As chances de ter El Nino é menor. O Pacífico não deve influenciar negativamente o regime de chuvas de fevereiro a abril.

Fonte: Diário do Nordeste