O Ceará deixou para trás uma sequência de três derrotas seguidas na Série A e bateu o Grêmio por 2 a 1. Na noite deste domingo, 19, na Arena Castelão, os gols do Vovô foram marcados por Ricardinho e Michel (contra). Everton descontou para o Grêmio. Com a vitória, o Alvinegro chegou a seis pontos e alcançou a 12ª posição. Já o Grêmio permaneceu na zona de rebaixamento, na penúltima posição, com apenas dois pontos.

O Ceará começou o jogo em cima e, ao conseguir os dois gols, ficou o restante da partida mais recuado, esperando o contra-ataque. Nos primeiros minutos do jogo, foi o Alvinegro quem manteve a posse de bola no campo adversário e mais finalizou. A recompensa veio aos 10 minutos. Ricardinho mandou para o fundo do gol linda jogada do ataque do Vovô, com direito a calcanhar de Thiago Galhardo. Até ali, o Grêmio sequer havia chutado ao gol defendido por Richard.

Atrás do marcador, o Grêmio passou a ter mais posse de bola, mas parecia pouco inspirado. Só chegava em chutes de longe e bolas alçadas na área. O Vovô resolveu apostar no contra-ataque, o que logrou êxito. Aos 22 minutos, Galhardo desceu em velocidade, cruzou e Michel jogou contra o próprio patrimônio.

O segundo gol intensificou a tendência. O Grêmio passou a ter mais a posse de bola e o Vovô se retraiu para buscar o contragolpe. A diferença é que o tricolor gaúcho passou a ser mais efetivo. Cinco minutos após o gol do Ceará, Richard foi obrigado a fazer grande defesa, após Matheus Henrique fazer fila e arriscar da intermediária. Aos 30 minutos, o Grêmio diminuiria. Brilhou a estrela de Everton “Cebolinha”, que, em grande jogada, trouxe por dentro e, do bico da área, mandou forte no canto do goleiro alvinegro, contando com desvio.

O jogo continuou no segundo tempo do mesmo jeito. O que faltava era capricho. Bergson, em sua primeira partida como titular, foi acionado pelo menos duas vezes e quase fez. Outras chances de contra-ataques foram desperdiçadas pelo Ceará. Do outro lado, o Grêmio esbarrava na forte marcação do Ceará. Aos 20 minutos do segundo tempo, o Tricolor já tinha o triplo de finalizações: 12 a 4. Um minutos antes, Diogo Silva, que entrou no lugar do contundido Richard, havia feito linda defesa aos 19 minutos do segundo tempo em cabeçada de Alisson.

Mas foram poucas as chances de empate no fim das contas. A pressão não surtiu efeito. Mesmo com dois centroavantes em campo, André e Vizeu, e a entrada do atacante velocista Pepê, o panorama da partida não mudou. A vitória ficou com o Vovô.

Ceará 2 x 1 Grêmio

Ceará: Richard (Diogo Silva), Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo (Pedro Ken), Fernando Sobral e Leandro Carvalho (Rick); Bergson. T: Ederson Moreira

Grêmio: Paulo Victor, Leonardo, Geromel, Michel e Juninho Capixaba (Pepê); Rômulo (Marinho), Matheus Henrique, Alisson (Vizeu), Thaciano e Everton; André Felipe. T: Renato Gaúcho.

Gols: 10MI/1T – Ricardinho; 22MI/1T – Michel (contra); e 30MI/1T – Everton

Data: 19/5/2019

Local: Arena Castelão (Fortaleza)

Horário: 19 horas

Arbitragem: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG).

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG).

Cartões amarelo: Fabinho, João Lucas e Pedro Ken (CEA); Juninho Capixaba, Everton, Alisson e Pepê (GRE)

Fonte: O Povo