A cearense Patrícia de Oliveira Santos, 32 anos, e o bebê foram encontrados mortos dentro de uma casa na cidade de Diemen, na Holanda. A família foi informada sobre as mortes no dia 18 de outubro, mas até o momento os parentes não têm informações sobre o que teria ocorrido.

Segundo um irmão de Patrícia, os familiares foram avisados que um homem foi preso, porém não sabem a identificação dele. Os parentes também não sabem se ela foi assassinada ou se morreu por causas naturais.

Namorado holandês

Ainda segundo familiares, Patrícia mantinha contado todos os dias informando que estava bem,mas depois de um tempo essa situação mudou. A mulher começou a dizer para os parentes através de redes sociais que o namorado tinha se tornado ciumento e agressivo e, que pedia para abordar a criança.

Patrícia informou que teria que parar de ter contato com a família,pois o namorado não gostava quando ela ficava com o celular. Desde então, ela parou de enviar notícias.

O Consulado-Geral do Brasil informou que está acompanhando o caso, mas não repassou detalhes sobre o ocorrido. “Em atendimento ao direito à privacidade dos envolvidos, bem como à Lei de Acesso à Informação e ao decreto 7.724, o Itamaraty não pode fornecer informações adicionais sobre o assunto”, informou o órgão em nota.

Fonte: Diário do Nordeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome