Deputados miram eleição com o desafio de conciliar pré-campanhas com mandatos

0
48

A corrida eleitoral deste ano já começou para alguns deputados estaduais e isso deve ter reflexos no plenário da Casa. Mais de dez parlamentares pretendem disputar prefeituras no próximo mês de outubro. Fora da Assembleia Legislativa, eles intensificam o corpo a corpo nos municípios. O desafio, então, é conciliar o mandato parlamentar com as atividades de pré-campanha para não deixar sessões legislativas esvaziadas.

Nas primeiras sessões do ano, apesar de o painel registrar dezenas de deputados presentes, poucos eram vistos em plenário. Desde o recesso parlamentar do fim do ano (entre 23 de dezembro e 31 de janeiro) a maioria dos deputados aproveitou o tempo para intensificar as visitas às suas bases eleitorais. O momento também serviu para dar o pontapé nas articulações com os partidos no interior.

Alguns deputados já confirmam pré-candidatura, outros são cotados nos bastidores. Em Fortaleza, o deputado Heitor Férrer (SD) deve entrar novamente na disputa. Ele busca estrutura do partido para sustentar seu nome. Enquanto isso, diz que vai continuar “na mesma pisada” na Assembleia: a de fiscalizar o Poder Executivo estadual.

“O papel do parlamentar é definido constitucionalmente. Ele tem que fiscalizar as ações do Governo, não porque eu sou de oposição. O deputado tem esse papel constitucionalmente definido e vou seguir na mesma pisada”.

No Psol, o deputado Renato Roseno é citado como provável concorrente em Fortaleza, mas ainda não há definição no partido. O parlamentar adianta que a questão vai ser debatida nos congressos municipal e estadual do Psol. Tanto Roseno como Férrer fazem oposição à gestão em Fortaleza. Do lado do grupo governista, o deputado José Sarto (PDT), presidente da Assembleia, também é cotado para disputar o cargo de prefeito na Capital.

Fonte: Diário do Nordeste

internal_server_error <![CDATA[Erro &rsaquo; WordPress]]> 500