Um funcionário de uma empresa foi preso na tarde desta segunda-feira (16), em Fortaleza, após furtar uma mala com R$ 500 mil de dentro do estabelecimento em que trabalhava e gastar quase todo o dinheiro. O auxiliar de serviços gerais fugiu com a mala em uma bicicleta após o crime e foi preso 30 dias depois, quando já havia feito gastos de R$ 380 mil.

Segundo o delegado Adriano Félix, titular do 19º Distrito Policial, a polícia chegou até o suspeito após o dono do estabelecimento denunciar o crime. Após o furto, o suspeito comprou uma casa, um carro, uma motocicleta e eletrodomésticos que foram apreendidos pela polícia na casa do suspeito e encheram um caminhão. No local, a polícia também encontrou R$ 120 mil enterrados debaixo do piso da casa.

Investigação

A polícia começou a investigar o auxiliar de serviços gerais após o dono da empresa desconfiar dos bens que foram adquiridos por ele, já que o salário que ele recebia na empresa era inferior ao valor que ele gastou em 30 dias.

O suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi conduzido para o 19º Distrito Policial após confessar o crime. Ele vai responder por furto.

Fonte: Diário do Nordeste