Um grupo de cinco amigos se reuniu para realizar o sonho de todo surfista: pegar a onda perfeita. A deixa foi uma promoção de passagens com destino a El Salvador, na América Central, um dos melhores points de surfe do planeta.

Comandando a “barca”, o veterano do surfe cearense e 11 vezes campeão brasileiro em diferentes categorias, Cardoso Júnior. Compondo o grupo também estavam os multi-esportistas Keven Lennox e Tiago Nottingham, o atual campeão cearense master de Sup Wave, Heyner Fortunato, e George Noronha, jornalista e surfista também.

Como na maioria das viagens internacionais, as longas esperas nos aeroportos e voos de até 5 horas de duração cobram um alto preço. Mas nem o cansaço impediu que o grupo caísse na água logo após a chegada.

A primeira parada foi na Praia de El Tunco, na Região de La Libertad. Um pico chamado La Bocana, situado na boca de um rio, proporcionou um swell com ondas fortes que quebravam sobre um fundo de pedras. Estava tomado por brasileiros. Eram tantos que ficou difícil até arrumar lugar para sentar na prancha e esperar as ondas.

O segundo dia ficou reservado para uma das principais ondas da América Central, El Sunzal, também na Praia de El Tunco, a pouco mais de 1km de La Bocana. Muitos brasileiros também estavam por lá.

“Como as ondas quebram sem parar e são bem extensas, os melhores surfistas levam muito tempo para retornar ao pico depois de pegar uma onda boa. Os iniciantes ficam lá no fim da onda e os surfistas intermediários ficam no meio”, explicou Cardoso.

Fonte: Diário do Nordeste