Desde o ano passado que Cedro vem promovendo feiras na zona rural e na cidade com o objetivo de movimentar a economia familiar e atividade informal. A realização das feiras tem sido marcada por sucesso de público e de comercialização, mostrando a força da produção da agricultura familiar do município.

Mais um exemplo de boas vendas ocorreu na Feira da Agricultura Familiar do distrito Vale São Miguel. Ao todo, 70 expositores apresentaram suas comidas típicas, artesanato, objetos diversos produzidos pelos moradores.

A gestão vem adotando mecanismos para inserir mais produtores no mercado, mediante a disponibilização de cursos no sentido de proporcionar melhoria na renda familiar dos moradores da zona rural. “Tudo que é produzido nas comunidades é comercializado. O caminho é esse, e tenham certeza: vamos dar continuidade às ações em prol de todos”, pontuou o prefeito, Dr. Nilson Diniz.

Inovações

O agricultor Osmar Aranha, 78 anos, fabrica peças a partir de ferro e de madeira, e pela primeira vez coloca em exposição a sua vasta produção: armador, churrasqueira, machado, pá, fogão, rastelo, engate de moto, entre outros. “Lá em casa eu faço tudo que as pessoas solicitam, todos gostam. Hoje, estou feliz em vender as peças que produzo”, fala animado.

Gislânia Paz produz peças em barro. Ela conta que desde criança via sua vó e sua mãe trabalhando a argila para a sobrevivência de todos e levou consigo o aprendizado. “Tudo começou com meus antepassados. Hoje, fico feliz em continuar fazendo o que faziam. Ao todo, expus na Feira 200 peças, entre panelas, cuscuzeira, fogareiro e frigideiras. Os preços variam de 5 a 50 reais”.

Nova edição

O secretário de Agricultura de Cedro, Manoel Bezerra, faz as contas e anuncia o resultado: cerca de 21 mil reais foram movimentados no Distrito. “É isso que estamos vendo, o retorno; nossos produtores rurais têm a oportunidades fazer seus itens e de comercializar. Estaremos sempre atentos no sentido de ajudá-los”.

As feiras são fruto de parceria com associações comunitárias, secretarias e órgãos como Ematerce, Sebrae, Senac, Senar e Sinrural. “Estamos de parabéns, agradeço o desempenho e a força de todos os colegas presidentes. Alcançamos uma marca histórica: fomos a feira com o maior número de expositores”, explica a presidente da Associação dos Usuários do Açude Ubaldinho, Josefa Ferreira.

A próxima edição de Feira da Agricultura Familiar acontecerá no dia 03 de novembro no distrito de Candeias. As localidades de Santo Antônio, Vale do Machado, Assunção, Lagêdo e Várzea da Conceição já fizeram seus eventos.

Fonte: Diário Centro Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome