A taxa de mortalidade infantil em Iguatu caiu de 18,6 por mil nascidos vivos, em 2017, para 12,0, em 2018. Os dados são da Vigilância em Saúde da secretaria de Saúde do município de Iguatu.

De acordo com a titular do setor, Kelly Felipe, as ações de acompanhamento das gestantes, pré-natal, e dos recém-nascidos por equipes do Programa Saúde da Família contribuem para a redução dos casos em menores de um ano.

“O esforço das nossas equipes é para ampliar a assistência às gestantes e orientar as mães durante o primeiro ano de vida dos bebês”, frisou Kelly Felipe. “A gente avalia que a mudança de gestão e de pessoal com a descontinuidade de serviços contribuiu para o aumento dos casos em 2017, mas agora a tendência é reduzir cada vez mais”.

Fonte: Diário Centro Sul