Na Escola Municipal Gabriel Diniz, estudantes do 8ª ano, além do foco no ensino e no aprendizado, é importante formar, além de bons profissionais, cidadãos preparados – para as matérias convencionais, para a vida em toda a sua abrangência.

“Integramos essas ações aos sábados letivos das escolas municipais, entendendo que a inteligência emocional é tema para discutido em ambiente escolar, formando alunos e pessoas preparadas para se comportarem diante de situações adversas”, justifica o prefeito Dr. Nilson Diniz.

A vivência dentro das escolas

Por meio da leitura e do auxílio dos professores, os alunos são motivados a replicar seu aprendizado além dos muros da escola. “Estamos abordando muitos temas que trabalhem a autoconsciência, como a prática de lidar com emoções, a automotivação, a empatia e a capacidade de relacionar-se com o próximo. Essa iniciativa pode ser repassada a toda a sociedade”, relata a secretaria de Educação, Esmeraldina Bezerra.

Para a Coordenadora escolar Rose Clementino, as aulas são oportunidades para a melhora do desempenho pessoal dos estudantes. “Nossa expectativa é que cada aluno possa compreender as manifestações afetivas de suas vidas, além de os ajudar no desenvolvimento para a vida”.

Tradicionalmente, as escolas priorizam desde cedo a formação do estudante com foco no desenvolvimento de competências cognitivas, tais como o raciocínio e a memória. “Muitas pesquisas já apontam que desenvolver intencionalmente as competências socioemocionais nas práticas escolares, tais como ajudar os estudantes a aprenderem a se relacionar consigo mesmo, reconhecendo e dialogando com suas emoções, pode trazer mais benefícios para o processo de aprendizagem e para inúmeras realizações ao longo da vida, como na saúde, no trabalho e nas relações sociais”, destaca a coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE – Educação), Aldenoura Gomes.

O que é BNCC?

Sigla para a Base Nacional Comum Curricular, BNCC é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

Integramos essas ações aos sábados letivos das escolas municipais, entendendo que a inteligência emocional é tema para discutido em ambiente escolar, formando alunos e pessoas preparadas para se comportarem diante de situações adversas”, justifica o prefeito Dr. Nilson Diniz.

Fonte: Diário Centro Sul