O número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) na população de 12 a 17 anos caiu 67% de janeiro a julho deste ano, saindo de 261 casos para 86 no mesmo período do ano passado. Os dados são da Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) e foram divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) na noite desta quarta-feira (14).

De acordo com a SSPDS, a queda é ainda maior quando o recorte é feito somente com dados da Capital. Em 2018 foram registrados 102 mortes violentas de adolescentes nos primeiros sete meses do ano. Já em 2019, esse número foi reduzido a 25 mortes, uma diminuição de 75,5% dos casos no período. Os números correspondem à soma dos casos de homicídio doloso/feminicídio, lesão corporal seguida de morte e roubo seguido de morte (latrocínio).

Em relação aos números da Capital, considerando as vítimas de todas as idades, houve queda de 56,2%, saindo de 910 para 399 casos. Porém, a diminuição da faixa adolescente continua superior.

Há dez anos, o Ceará terminou o mês de julho com 1.284 CVLIs contra 1.302 casos registrados este ano, uma diferença de 18 registros a menos. Julho também estabeleceu o 16º mês consecutivo de quedas nos índices de CVLI no Estado e o 17º em Fortaleza.

Fonte: G1 Ceará

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Por favor digite seu nome