Número representa uma redução de 12 a 16% nas vendas em relação a linha S10 em 2019

Ming Chi-Kuo, um analista de mercado da TF International Securities especializado no mercado de telefonia móvel e principalmente na Apple, estima que a Samsung venderá cerca de 32 milhões de unidades da família Galaxy S20 durante este ano.

Embora seja um número impressionante, ele representa uma queda de 12 a 16% no volume de vendas em relação a 2019, quando foram comercializadas entre 36 a 38 milhões de unidades da família Galaxy S10.

Segundo o analista, o motivo é uma falta de inovação significativa na experiência do usuário que incentive uma migração para os novos modelos, embora haja grandes mudanças no hardware.

Apesar da previsão de queda no número de aparelhos vendidos, o analista não prevê queda nos lucros da Samsung. Isso porque a linha S10, que agora custa a partir de US$ 599 nos EUA, deve absorver parte das vendas.

Fonte: Olhar Digital