Populares de Iguatu e cidades vizinhas que precisam dar entrada em algum benefício do INSS na agência de Iguatu estão desapontados com as perícias médicas que não estão mais sendo realizadas na unidade local, e sim sendo encaminhadas para a cidade de Juazeiro do Norte há 150km de distância.

Além da espera e aborrecimentos constantes pela falta de funcionários que já vem ocorrendo desde o início do ano, quando alguns se aposentaram, sem a previsão de realização de concuso público, os serviços são prejudicados.

A Sra Marlúcia Paulino, de 57 anos, vive da agricultura na comunidade de Flamengo, município de Saboeiro, e veio agendar perícia médica para seu esposo Anto Cicero, agricultor, que sofreu acidente de moto e está impossibilitado de trabalhar. Ambos foram surpreendidos com o procedimento que será realizado somente na região do Cariri. “A gente tem pouco dinheiro. Quando era aqui até que ficava mais fácil, mas fica muito distante, e não tinha por aqui – perícia, só em Barbalha ou Juazeiro. É muito difícil pra gente porque a gente se desloca de muito longe, a gente não tem carro, não tem um transporte, pra chegar aqui. Sabe lá se chega aqui num dia e chega no mesmo dia em casa.” O agricultor complementou a dificuldade financeira do casal. “A gente tem que fretar um transporte pra poder chegar até essa cidade pra ver se consegue essa perícia. Pra chegar até aqui a gente gasta cem reais, e da nossa cidade até Juazeiro no mínimo é quinhentos reais”.

Nossa reportagem procurou a gerência do INSS de Iguatu para esclarecer os motivos da mudança e se existe possibilidade de retorno das atividades. No entanto, os funcionários são orientados a não dar entrevistas. Entramos em contato com a Perícia Médica Federal em Juazeiro do Norte que também não quis gravar entevista sobre as justificativas da situação na instituição, bem como apresentar possíveis melhorias para os processos em andamento. Por último conversamos via telefone com representante da Secretaria de Previdência do Ministério da Economia que ainda não respondeu nossas tentativas de esclarecimentos.

A perícia médica é o que torna o requerente apto a receber o auxílio-acidente, auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Trata-se de uma avaliação médica do estado de saúde do possível segurado.

Segundo dados da Secretaria de Previdência do Ministério da Economia e do Instituto Nacional do Seguro Social, em dezembro de 2018 foram concedidas 14.141 aposentadorias em Iguatu, destas 1.338 por invalidez.