Um furto de um aparelho celular ocorrido por volta das 11h da manhã desta terça-feira, dia 12, ocorreu no posto de combustível Central, na cidade de Cajazeiras, na PB. José Robson Pereira Silva, conhecido por Dunga, natural de Ipaumirim, Ceará, chegou em um carro Corsa Classic, placas DZZ 3383, inscrição de São Paulo, DZZ 3383, de cor prata, abasteceu R$ 50,00 e foi pagar no caixa.

No momento que iria efetuar o pagamento, o suspeito Dunga acabou ludibriando o funcionário do caixa do posto e subtraiu seu celular um J7 e desapareceu. Toda ação delituosa foi captada pelas câmeras do local.

Mediante o crime, policiais militares que trabalham no Ceará, e residem em Cajazeiras, tomaram conhecimento do furto e com auxílio das imagens das câmeras de segurança chegaram ao suspeito.

Os soldados Malta Oliveira, da Força Tática do quartel de Icó, Dias, do Raio, e Holanda, do POG, iniciaram diligências e com o apoio de militares de Ipaumirim e de Baixio localizaram e prenderam Dunga com o celular subtraído do posto de combustível de Cajazeiras PB, em praça pública de Ipaumirim, por volta das 16 horas, desta terça-feira, 13.

José Robson foi autuado por furto qualificado em Cajazeiras, pela delegada Cristina Roberta Batista Pires. Ele havia chegado a Ipaumirim, sua terra natal, havia três dias.

Além do celular recuperado, os militares encontraram com Dunga, cerca de mil reais, cartões de crédito e um talão de cheques. O cearense se encontra preso em Cajazeiras à disposição da justiça paraibana.

Fonte: Diário Centro Sul