Um grande redemoinho de poeira impressionou os moradores de Santana do Acaraú nesta quinta-feira (17). O fenômeno foi flagrado em vídeo por Vitor Hugo Oliveira, que trafegava em uma estrada próxima no momento em que o redemoinho se formou. “Valha-me, Deus do céu. Acabou o mundo”, disse, enquanto filmava.

“A gente reagiu com muita surpresa, mas não chegamos a ficar com medo”, diz. Ainda segundo ele, o redemoinho durou cerca de três minutos. “Não estava ventando na hora. Ele se formou e movia bem devagar, quase parando”, descreveu.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) explicou que o fenômeno observado no vídeo trata-se de um “dust devil” (demônio de poeira, em inglês).

Ele se forma quando o “ar quente, bem localizado, sobe de forma rápida, na atmosfera, ganhando rotação e absorvendo, pela diminuição da pressão no seu interior, o que está ao redor, principalmente a poeira próximo a sua base dele”.

Ainda conforme o Instituto, “esta poeira sugada é levantada, em rotação, acompanhando o fenômeno, e tornando-o visível”.

Fenômeno traz riscos

Recentemente, um fenômeno com as mesmas características foi observado no Sítio Fomento, em Iguatu, região Centro-Sul do Estado. Moradores também filmaram o redemoinho que se formou em 30 de setembro, em um terreno sem nenhuma edificação. Em ambos os casos, ninguém ficou ferido.

A Funceme alerta que esses fenômenos oferecem, sim, algum risco. A inalação da poeira e o contato dela com os olhos pode trazer desconforto. Há, ainda, o perigo de algum objeto, como pequenos galhos, ser arrastado pelo “dust devil” e ferir quem esteja próximo. Por isso, a orientação é não se aproximar desses redemoinhos.

Fonte: G1 CE