Com o tema 10 anos de Região Metropolitana do Cariri: Perspectivas, Avanços e Desafios, será realizado na próxima quinta-feira (21), a partir das 8 horas, o Seminário que tratará sobre a viabilidade de atuação da RM do Cariri. Com conferências, palestras e debates, participarão do evento representantes das universidades da região, além de especialistas e representantes políticos. O evento acontece no auditório do Centro de Ciências e Tecnologia – CCT da Universidade Regional do Cariri (Urca), no campus Crajubar, em Juazeiro do Norte.

O seminário será realizado através da Urca, Universidade Federal do Cariri (UFCA), e a Frente Parlamentar para a Região Metropolitana do Cariri e contará com a presença do secretário das Cidades do Estado do Ceará, Paulo Henrique Lustosa, que abordará a temática principal do evento.

O tema traz a abertura para novas discussões acerca dos avanços que devem ser pensados, para que sejam fomentadas novas propostas de encaminhamento do processo, apontando caminhos para o desenvolvimento da Região. As temáticas propostas trarão elementos importantes relacionadas ao novo pensar que se deve ter em relação aos desafios e perspectivas, a partir da realidade do País e da região do Cariri nesse contexto.

O Professor da UFCA, Ranieri Moreira, destacará em sua palestra a “Governança Interfederativa e Planejamento Urbano Integrado: Perspectivas e Desafios na Região Metropolitana do Cariri”. Segundo ele, a proposta é apresentar uma discussão acerca dos instrumentos de planejamento e gestão metropolitana, previstos no Estatuto da Metrópole, além de apontar o caminho percorrido até o momento na RM Cariri e provocar o debate sobre os desafios e perspectivas da sua efetivação, como instrumento de desenvolvimento regional.

A economista e professora doutora da URCA, Silvana Nunes de Queiroz, trará em sua palestra o tema “RM Cariri: Uma Metrópole em Crescimento e em Movimento”. A RM Cariri, criada em 2009, é formada por nove municípios. Entretanto, somente alguns municípios passam por um processo de crescimento econômico.

Esse processo veio acompanhado simultaneamente pela rápida urbanização e crescimento de sua população que, cada vez mais, emigra menos e se movimentam mais pela RM Cariri. Segundo a professora, isso ocorreu através de uma intensa mobilidade pendular, atração migratória e de uma volumosa população flutuante. “Portanto, pensar no seu Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI), em um modelo de governança metropolitano e em políticas públicas de interesse comum se faz necessário para corrigir e evitar distorções e, com isso, propiciar o bem-estar de toda a população que reside e daqueles que se movimentam diariamente pela RM Cariri”.

Mais informações:
Seminário: 10 anos de Região Metropolitana do Cariri: Perspectivas, Avanços e Desafios
Data: Dia 21 de novembro
Horário: 8 horas
Local: Auditório CCT – Campus Crajubar – Urca – Av. Leão Sampaio, 107 – Lagoa Seca, Juazeiro do Norte

Fonte: Governo do Estado do Ceará