(Foto:Reprodução)
O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, disse ontem, em São Paulo, que os serviços de internet móvel de quarta geração (4G) funcionam sem dificuldades “O nível de qualidade está satisfatório e não temos detectado reclamações em nossos call centers”, disse, após participar de evento de infraestrutura de telecomunicações organizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

De acordo com Rezende, o monitoramento da qualidade do 4G ocorre apenas no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Fortaleza e Recife, que sediaram a Copa das Confederações e tinham como obrigação prestar este serviço. “Neste momento, todas as empresas estão cumprindo a meta de cobertura de 50% da área destas cidades. Até dezembro, vamos elevar para 80% da área e para as cidades da Copa do Mundo”, afirmou.

Acessos

Até o momento, o serviço de 4G conta com pouco mais de 170 mil acessos, segundo os últimos números da Anatel.

O presidente da Anatel acrescentou que mantém a projeção de encerrar 2013 com 4 milhões de acessos em 4G. “Está muito no início, mas a meta está mantida”, ressaltou. Conforme Rezende, porém, à medida que os serviços ganharem relevância, a tendência é que os clientes cobrem mais por qualidade.

Sobre a Copa das Confederações, ele afirmou que foram fiscalizadas e feitas medições dos níveis de cobertura de voz e dados nos estádios.

De acordo com o presidente da agência, a intenção é de antecipar possíveis obstáculos nos serviços para a Copa do Mundo. Outra medida da Anatel citada por Rezende será monitorar o desempenho dos serviços móveis em horários de pico em áreas urbanas. 

 

Fonte: Diário do Nordeste