A Xiaomi lançará no quarto trimestre de 2019 um aparelho sob a marca Redmi equipado com sensor de imagem de 64 MP da Samsung

A Xiaomi e a Realme planejam aumentar a capacidade fotográfica de seus aparelhos ainda em 2019. Ambas lançarão dispositivos com câmeras de 64MP e, no caso da primeira, a mudança virá na linha Redmi. A fabricante chinesa anunciou em evento que um futuro modelo usará o sensor Samsung GW-1, o único com essa capacidade anunciado até agora.

Além disso, a Xiaomi informou em um comunicado que o telefone vai estrear na Índia no quarto trimestre de 2019. Isso significa que provavelmente haverá dois telefones de 64MP na Índia nessa época, já que a Realme apresentará seu dispositivo amanhã (8 de agosto).

O sensor GW-1 mede 1/1,7 de polegada, permitindo o mesmo tamanho de pixel de 0,8 mícron que os sensores de 48 MP. O sensor de 64 MP da Samsung também oferece suporte a HDR, com nível de contraste de até 100 decibéis.

Mas mesmo enquanto anuncia o lançamento de um dispositivo com 64MP, a Xiaomi já está pensando na geração seguinte: um aparelho com sensor de 108MP. Na Weibo, rede social chinesa, a empresa publicou poucas informações sobre o assunto, mas deixa claro que será usado um sensor da Samsung que fornecerá resolução de 12.032 x 9.024. Se seguir a tendência “quad pixel”, de combinar informações de quatro pixels em um só, esperamos que produza fotos de 27 MP, além de imagens com resolução total em plena luz do dia.

Para isso acontecer, é preciso de um aumento no tamanho do sensor e no tamanho dos pixels, para que a qualidade se mantenha. Caso contrário, você simplesmente fica com arquivo muito grandes e qualidade inferior sob baixa luminosidade, em comparação com os sensores de até 48MP.

Fonte: Olhar Digital