Se antes as pessoas foram definidas como livros, agora chegou a vez das cidades. Esta, pelo menos, é a tônica da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que acontecerá entre os dias 16 e 25 de agosto deste ano, no Centro de Eventos do Estado, rompendo a tradição de acontecer em abril.

O anúncio do conceito e nomes confirmados para a nova edição aconteceu na manhã desta quarta-feira (10), na Casa de Juvenal Galeno – cujo centenário é celebrado em setembro -, antecipando o que o público conferirá daqui a alguns meses.

Com o tema “As Cidades e Os Livros” e sob a curadoria da escritora Ana Miranda e dos escritores e professores Inês Cardoso e Carlos Vasconcelos, com a coordenação de Goreth Albuquerque, a Bienal virá com um expressivo time de autores e autoras locais. Caso de Angela Gutiérrez, Tércia Montenegro, Dércio Braúna, Gilmar de Carvalho, Nina Rizzi, Socorro Acioli, Mailson Furtado, entre outros.

55 mil visitantes por dia foi o número que as duas últimas edições da Bienal registrou, dado que a organização deste ano espera superar

Além disso, evidenciará a presença feminina dentre os 70 confirmados, preocupação salientada pela organização do evento. Elas serão em número de 31, representadas por Conceição Evaristo, Lúcia Santaella, Maria Valéria Rezende, Marion Bloem, e outras tantas. “Nesse quesito, nosso pensamento seguiu a pergunta ‘quantas mulheres temos aí?’. E, a cada resposta, íamos colocando mais uma, mais uma”, explicou, de modo descontraído, Ana Miranda.

“Fizemos uma programação tentando contemplar todas as regiões do Brasil e escolhemos pessoas que poderiam desenvolver mais sobre a temática principal, trazendo uma luz para a nossa compreensão das cidades, metrópoles, aldeias, os lugares de reunião das pessoas”, completou a escritora.


Para além das fronteiras nacionais, o destaque vai para o moçambicano Mia Couto; o marroquino Abdella Taïa, o angolano Eduardo Agualusa e o holandês Ivan Wolffers.

Por sua vez, entre os homenageados estão as obras “Terra Sonâmbula”, de Mia Couto; “Lavoura Arcaica”, de Raduan Nassar; e “A Casa”, de Natércia Campos.

Ideias

Evento de grande envergadura em território cearense, a Bienal tem como um dos principais pilares a democratização da leitura, investindo em programação gratuita. Também promove encontros numa extensa cadeia de atividades, inclusive ultrapassando os limites do Centro de Eventos, com a Bienal Fora da Bienal.

No espaço-sede, a novidade fica por conta da inclusão de novos espaços temáticos, como o “Vez e Voz aos Novos”, dedicado a apoiar escritores estreantes, e “Clubes de Leitura”, voltado para conversas e descobertas sobre o mundo dos livros. Os mestres e mestras da cultura, um dos maiores destaques da edição passada, também ganharão maior amplitude.

“A Bienal já está consolidada no calendário cultural cearense, sendo a quinta maior do Brasil e a maior do Nordeste. Ela tem a função de compreender o direito à literatura como exercício pleno da democracia”, destacou Fabiano Piúba, secretário da Cultura do Estado do Ceará.

Serviço

XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará

De 16 a 25 de agosto no Centro de Eventos do Ceará (Avenida Washington Soares, 999, Edson Queiroz). Programação gratuita.

Veja lista completa de autoras e autores confirmados:

Abdellah Taïa – Escritor e cineasta marroquino
Ana Karla Dubiela – Escritora, professora e jornalista
Angela Gutiérrez – Escritora, professora, ensaísta e poeta
Antônio Torres – Escritor
Batista de Lima – Escritor e professor
Carmélia Aragão – Escritora
Carolina Campos – Escritora, advogada e professora
Cecília Cunha – Pesquisadora, professora e ensaísta.
Chico Alvim – Poeta e embaixador
Cláudia Leitão – Professora, escritora, pesquisadora e gestora cultural
Cleudene Aragão – Escritora e professora
Conceição Evaristo – Escritora
Daniel Munduruku – Escritor e professor brasileiro, da etnia Munduruku
Deborah Finocchiaro – Atriz, diretora e produtora
Dércio Braúna – Poeta, pesquisador e bancário
Descartes Gadelha – Pintor, desenhista, escultor e músico
Dimas Carvalho – Poeta, contista e professor
Eduardo Agualusa – Escritor angolano
Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes – Sociólogo, professor, escritor, ensaísta e poeta
Eucanaã Ferraz – Poeta, professor de Literatura Brasileira
Fausto Nilo – Poeta
Fernanda Coutinho – Escritora e professora
Fernanda Meireles – Escritora e artista
Frei Betto – Frade dominicano e escritor
Gilmar de Carvalho – Escritor, professor e pesquisador
Helena Cardoso – Poeta, contista e médica
Ivan Wolffers – Escritor, médico e professor, nascido na Holanda
Jayson Viana Aguiar – Escritor
Jesus Irajacy – Escritor, professor, médico e empresário
João Almino – Escritor e diplomata brasileiro
Jorge Pieiro – Escritor, professor e produtor cultural
José Inácio Vieira de Melo – Poeta, curador e editor
Lola Aronovich – Poeta, professora e blogueira
Lúcia Santaella – Professora titular do programa de pós-graduação em comunicação e semiótica e doutora em teoria literária pela PUC-SP
Luciana Villas-Bôas – Escritora e jornalista
Luís Vilela – Escritor contista
Mailson Furtado – Escritor, ator, diretor, dramaturgo, produtor cultural e cirurgião-dentista
Majela Colares – Poeta e contista
Marçal Aquino – Jornalista, escritor e roteirista de cinema
Márcio Catunda – Poeta, compositor e diplomata
Marco Lucchesi – Poeta, romancista, ensaísta, professor e tradutor .
Marcos Bagno – Professor, tradutor e escritor
Maria de Lourdes Dias Leite Barbosa – Escritora e professora
Maria Thereza Leite – Escritora e jornalista
Maria Valéria Rezende – Escritora, poeta, ativista, tradutora
Mariana Ianelli – Poeta, ensaísta, cronista e crítica literária
Marília Lovatel – Escritora e professora
Marlui Miranda – Compositora, cantora, regente, instrumentista, professora, e pesquisadora da cultura de etnias brasileiras
Marion Bloem – Escritora, pintora, cineasta
Martine Kunz – Professora de língua e literatura francesas
Mia Couto – Escritor
Nicolas Behr – Poeta e ambientalista
Nina Rizzi – Poeta, historiadora e tradutora
Orlando Araújo – Professor
Pedro Salgueiro – Contista e advogado
Raduan Nassar – Escritor e produtor agrícola
Rafael Sânzio de Azevedo – Professor, poeta, ficcionista, crítico literário e ensaísta
Raymundo Netto – Escritor, designer, quadrinista e produtor cultural
Regina Machado – escritora, contadora de histórias, pesquisadora de tradição oral, professora(USP), criadora e curadora do Boca do Céu(SP)
Ricardo Kelmer – Escritor
Roberto Pompeu de Toledo – Escritor e jornalista
Ronaldo Correia de Brito – Escritor, médico e dramaturgo
Sarah Diva – Professora, Pós Doutora em Literatura Brasileira
Socorro Acioli – Escritora, professora e tradutora
Suene Honorato de Jesus – Professora, Bacharel em Literatura, Mestre em Letras e Linguística, doutora em Teoria e História
Tércia Montenegro – Escritora, fotógrafa, viajante e professora universitária
Tino Freitas – Escritor
Vânia Vasconcelos – Escritora, professora e jornalista
Ylo Fraga – Poeta e psicólogo
Yuri Brunello – Professor

Fonte: Diário do Nordeste